Blog

A vez dos elétricos! GM define data para encerrar carros a combustão

Já tem data marcada. A GM do Brasil anunciou que a produção de carros a combustão no país chega ao fim até 2035. A decisão segue a nova diretriz global de eletrificação da empresa. A notícia surpreendeu o mercado nacional neste primeiro momento. Isso porque o preço para a produção de carros elétricos ainda é elevado.

Você sabia que o Brasil nunca fabricou um veículo elétrico em série? A bateria de íon-lítio, por exemplo, que faz parte do carro elétrico, tem preço bem salgado. Um planejamento estratégico para o Brasil seria a nacionalização dessas peças. A ação deveria unir governo, instituições de pesquisa e desenvolvimento, além de faculdades e empresas do setor. Sem um planejamento robusto, os preços continuariam elevados.

Na Espanha, você sabia que o governo apresentou um programa com orçamento de R$ 2,8 bilhões para incentivar a retirada de carros poluentes das ruas e acelerar a adoção de veículos elétricos? A iniciativa se chama Moves III. Os motoristas podem receber até R$ 47 mil para a compra de carros elétricos nesse plano do governo.

Além da movimentação da GM com carros elétricos, no Brasil podemos destacar montadoras como Nissan – trabalhando com hidrogênio a partir do etanol; Toyota com híbridos flex; e FCA com carros movidos apenas com etanol.

Sem um planejamento estratégico para a importação das peças necessárias, fica no Brasil o questionamento se a GM pode optar por uma decisão seguindo a linha da Ford, que encerrou a produção de veículos no país. Mesmo um carro compacto como o Onix, da Chevrolet, o preço final para o consumidor seria acima do mercado no modelo elétrico.

Para se ter uma ideia, atualmente a Chevrolet oferece o modelo Bolt na versão elétrica pelo investimento de 270 mil reais. Trazer os veículos de México e ou Argentina – onde também possui fábricas – poderia ser uma ação para evitar maiores taxas no imposto de importação.

Estaremos de olho nos próximos capítulos dos planejamentos das montadoras sobre carros elétricos. 2035 está logo aí…

Muito obrigado pela atenção.

E até a próxima

Brasfrotas.

Soluções inteligentes

Compartilhe:

Receba em primeira mão, as notícias do mercado.